Viral das Tchecas da cerveja Proibida, engana Pânico na TV, vira sucesso nas redes sociais e vão posar pra Playboy

Duas  jovens lindas, voluptuosas, simpáticas e loucamente apaixonadas pelo Brasil. Há alguns meses, dizendo-se nascidas na República Tcheca, “Michaela” e “Dominica” protagonizavam um blog chamado We Love Brazil, onde apareciam em poses sensuais e dizendo-se loucas pra vir pra cá aproveitar nossas delícias tropicais. Fizeram, claro, um retumbante sucesso no mundo virtual.

Parecia bom demais mas, contrariando o senso comum, teve gente que acreditou que fosse verdade. A produção do programa Pânico, da Rede TV!, logo entrou em contato as moças, que vieram de fato ao Brasil e protagonizaram, por seis semanas, um reality show com a apresentadora do programa Sabrina Sato.

Explode a bomba

proibida2

Nesta semana, a ficha finalmente caiu. O jornal Folha de S. Paulo apurou que as duas garotas — que, na verdade, são inglesas — foram contratadas em dezembro passado pela nova empresa cervejeira nacional CBBP (Companhia Brasileira de Bebidas Premium), com fábricas no Ceará e em Pernambuco. As beldades são pagas para anunciar o novo rótulo da cervejaria, a Proibida, a ser lançada em junho. Detalhe incendiário: O programa Pânico tem contrato com a gigante cervejeira Ambev, concorrente direta da CBBP.

O vídeo acima, aparentemente, retrata o momento no qual Alan Rapp, diretor do programa humorístico, ficou sabendo da tramóia. O portal IG anunciou ontem, 14/5, que a Ambev pediu à Rede TV! que tirasse imediatamente do ar todas as imagens das personagens Michaela e Dominica. Espera-se para os próximos dias maiores repercussões sobre a “pegadinha” na qual caiu o programa Pânico, este mesmo notório em aplicar peças em seus convidados e entrevistados.

Campanha de blogueiros cervejeiros também é aproveitada

Há pouco mais de uma semana, o coletivo denominado Blogueiros Brasileiros de Cerveja (BBC) – do qual também faz parte o blog do BREJAS — lançou no Twitter, sem motivações comerciais, a hashtag #cervejadeverdade, na intenção de divulgar ao consumidor a diversidade de estilos de cerveja que o mundo cervejeiro oferece. A tag permaneceu, no dia 6 de maio, em primeiro lugar nos Trending Topics brasileiros durante quase todo o dia.

Farejando a oportunidade no movimento dos blogueiros, embora com um tanto de atraso, a CBBP lançou em 12 de maio em seu site, com o título “Descubra porque a nova cerveja é uma #cervejadeverdade“, um texto no qual elenca “5 motivos para mostrar porque a nova Pilsen Premium brasileira pode ser considerada uma #cervejadeverdade”. Na matéria, a empresa pede aos seus consumidores que opinem sobre a cerveja usando a hashtag criada pelo coletivo BBC.

BREJAS.com.br experimentou a nova cerveja

proibida3

Na semana passada, este blogueiro recebeu, enviada pela CBBP, duas amostras numeradas da Proibida. As garrafas vieram com os rótulos ainda sem o nome da breja, e com um bilhete manuscrito no verso de um porta-copo com os dizeres “O sabor da nova cerveja você conhece agora; O nome será liberado em breve”. Embora ainda não lançada para o público em geral, fique sabendo da avaliação da Proibida feita por Mauricio Beltramelli para o site brejas.com.br  aqui

A coloração é dourada-clara, e o creme branco é surpreendentemente denso, apresentando bolhas pequenas e uniformes. A persistência é mediana. No aroma, quem sobressai é o fermento de pão. Em segundo plano e de forma bem suave, aparece o toque herbáceo do lúpulo em equilíbrio com os dulçores maltados, sugerindo biscoito. Na boca, essas sensações se reproduzem em meio a um levíssimo amargor, à moderada acidez e à carbonatação média/alta. O final é levemente amargo.

Embora nem de longe iguale-se às pilsners tchecas — como a propaganda quer fazer supor — trata-se de uma standard lager bem leve, refrescante e fácil de beber. Ou, na descrição do site da breja, “adaptada para o paladar típico do brasileiro”…

tchecas

Abaixo, um bate-papo com Jader Rosseto, responsável pela criação e direção da campanha da cerveja Proibida, que durou cinco meses e foi filmada simultaneamente em Londres e no Brasil.

Rosseto garante a originalidade e diz que nada assim foi visto antes. Dono de dezenas de Leões em Cannes, o ex-VP da Fischer Fala! volta à cena anos depois de ter plantado o insinuante namoro do famoso Baixinho da Kaiser e a modelo Karina Bacchi. À época, a mistura entre propaganda e conteúdo rendeu burburinho. Agora, não foi diferente.

Por que a cerveja se chama “Proibida”?

Jader Rosseto – Porque é um ótimo nome pra cerveja!  Vem do fato de que é uma bebida premium por um preço que não se pode pagar no mercado. Uma boa cerveja, com qualidade e preço baixo, é algo proibido no mercado hoje. Os programas jovens já estão dominados pelas marcas concorrentes. Então para entrar no mercado com eficiência, tem que ter uma ação inteligente e diferenciada como essa.

Como nasceu essa ideia maluca que veio como propaganda e virou um buzz gigantesco?

Jader Rosseto – A ideia sempre foi fazer uma ação completamente diferenciada, inusitada inovadora e online, o que acabou virando um sucesso tão grande que o Pânico também adotou.

E o Pânico na TV não sabia de nada mesmo?

Jader Rosseto – Nunca soube. Eles simplesmente gostaram das meninas e usaram o conteúdo para ganhar audiência. Criaram um reality show com elas e achamos legal, mas a intenção foi fazer uma ação. Estávamos contando uma história, agregando conteúdo e canal.

Você pensou que algum programa de TV “compraria” a veracidade da história?

Jader Rosseto – Eu imaginei que falta conteúdo inteligente e divertido no Brasil. Achei que as pessoas iriam adotar o conteúdo, mas não sabíamos quem faria isso. Acabou que eles (Pânico) fizeram oito episódios maravilhosos e também foram beneficiados. Nunca entramos em contato com o Pânico. O conteúdo é bem-humorado e caiu no gosto do brasileiro.

A partir do momento em que o programa anunciou o reality, passou pela sua cabeça avisar por conta de um possível mal-estar já que a Skol é patrocinadora da atração?

Jader Rosseto – Eu não sabia nem que a Skol era o único patrocinador. Para nós, isso era mais um conteúdo divertido. Não sei dos acordos que os programas têm e nunca quis machucar o Pânico ou ofender a Skol. Eles usaram nosso conteúdo e pegamos carona com o programa.

Você acha que o Pânico foi ingênuo?

Jader Rosseto – Não acho. O programa não sabia, mas ele “trolla” o Brasil inteiro. Ele pega no pé de todo mundo e não pegamos no pé deles. Minha ideia nunca foi trollar o Pânico, tanto que o R7, o Vírgula e Papo de Homem também entraram na brincadeira. É uma ação para o Brasil gostar.

Como foi convencer o cliente?

Jader Rosseto – É algo inovador, então não tem como vender para o cliente porque nunca foi feito. Foi uma crença maravilhosa da CBBP – Companhia Brasileira de Bebidas Premium. Filmamos em Londres e no Brasil e o case é muito interessante em detalhes. São quase cinco meses de trabalho com investimento de R$ 400 mil, sendo que o retorno é imensurável em mídia espontânea. Atingimos os pontos mais legais do marketing atual: engagement (engajamento), storytelling (contar uma história) integração entre on e off e ambush marketing (consumir conteúdo sem saber da existência da marca). Nunca ninguém fez isso no Brasil, e acho que nem no mundo! São 180 mil seguidores no Twitter em três ou quatro meses.

Você fez algo parecido na Fischer, quando comprou a capa da revista Caras para insinuar um namoro entre o Baixinho e a Karina Bacchi…

Jader Rosseto – Foi diferente porque foi só um veículo e não tinha integração entre on e off. Não tinha história pra contar e essa ação é muito superior, mais evoluída. Com estas características, nem lá fora foi feito.

Você pretende inscrever em Cannes?

Jader Rosseto – Esse ano acho que não, mas nem estou preocupado com prêmios. Estou preocupado com o sucesso que ela está tendo, porque é divertida e colocou a cerveja Proibida no conceito do Brasil. Posicionou a marca no país inteiro em poucos dias.

Agora que a cerveja foi lançada, o que o público pode esperar do trabalho complementar?

Jader Rosseto – Independente dos programas que mostraram a ação, tem mais 10 filmes que entram no ar com as tchecas pelo Brasil mostrando a cerveja e o envolvimento com a marca.No site tem outra ação interessante: vamos trazer um esporte tcheco ao país. O universo tcheco vai continuar. Não vai parar por causa do Pânico… não temos nada a ver com o programa. O sucesso continua.

Fonte: Exame


Tchecas da cerveja Proibida

Após o estouro de mídia espontânea alcançado com a engenhosa participação das tchecas no Pânico na TV!, a Proibida continua ‘vendendo’ a imagem da cerveja por meio das redes sociais.

No quarto vídeo da campanha, divulgado com exclusividade por EXAME.com, as garotas-propaganda da bebida fazem uma visita à fábrica da CBBP em Pindoretama (CE), a 40 quilômetros de Fortaleza, onde são recebidas por Valverde, o mestre cervejeiro da companhia. Na ocasião, Valverde ensina às estrangeiras como pedir uma cerveja bem gelada em português.

A tática da cerveja estreante, baseada principalmente em ações de cross media que gerem buzz e efeito viral nas redes sociais, faz parte da estratégia da CBBP para apresentar seu produto aos consumidores brasileiros. A empresa optou por desviar de modelos convencionais de publicidade, gerando conteúdo próprio e compartilhável.

Segundo o diretor-presidente da companhia, João Noronha, existe também o desafio de entrar em um mercado de bebidas altamente inchado e concentrado como o brasileiro: “Em volume de cerveja, o Brasil é o terceiro do mundo, mas também é o mais concentrado. Tem-se 70% concentrado em apenas um fabricante”, diz – e foi exatamente este o fabricante que primeiro recebeu o cutucão da CBBP.

Ao conseguir infiltrar as supostas tchecas Michaela e Dominika por 1h22min no programa Pânico na TV! e ‘levar de graça’ um espaço publicitário que, pelas vias comerciais, custaria caro à cervejaria – um filme de 30 segundos no intervalo do programa não sai por menos de R$ 179 mil -, a companhia pegou de surpresa a Skol, patrocinadora oficial do Pânico.

Assista agora ao terceiro vídeo da Proibida e acesse o canal oficial da cerveja no YouTube.

Divulgação

A “Playboy” já falou que tinha interesse nas tchecas do “Pânico”, e elas também se mostraram a fim de realizar um ensaio sensual, então parece que as duas vontades estão prestes a se unirem. Segundo coluna do jornal “Diário de S. Paulo”, Michaela e Dominika já negociam com a publicação e podem estampar a edição de julho.

Com essa decisão, quem fica a ver navios é a ex-BBB Maria Melilo. A princípio, ela seria a capa de julho, e até mesmo já foi fotografada. Como a edição de agosto será uma especial de aniversário, com Adriane Galisteu já confirmada, o ensaio da vencedora do “Big Brother Brasil” vai ter que esperar.

Diretor da “Fazenda” está atrás das “tchecas” do “Pânico na TV”

Rodrigo Carelli, diretor da “Fazenda 4”, está tentando entrar em contato com as jovens que protagonizaram o quadro “As tchecas do Brazil”, do programa “Pânico na TV”. Ele já até mandou mensagens para as meninas, que moram no exterior, e não obteve resposta.

Não precisa ser nenhum detetive para deduzir o que Carelli quer. Ele está formando o elenco do reality show e, nas últimas edições, o “Pânico” sempre foi representado por alguma boazuda.

Mais uma derrota para as Panicats.

Fontes: Site Brejas, Revista Exame e POP

———————————————————————————

Comentário BambuzadaMKT

Esperamos a história se desenrolar para criar uma postagem completa sobre este assunto. Buscamos entender qual foi o impacto causado pela descoberta desta estratégia de marketing totalmente de guerrilheira executada pela nova cervejaria.

Muitos comentários nos vídeos do Youtube, ou postagens do blog são de pessoas indignadas pela ação deste viral. Muitas se sentiram enganadas, e até mencionam falsidade ideológica!

Engraçado que até então, todos achavam as duas gostosas super simpáticas! desfilando de bikini na sua TV aos Domingos no programa do Pânico, não é mesmo? Sem contar que desejavam ver elas na Playboy, e sonhavam, quem sabe um dia, ver elas em algum DVD das Brasileirinhas…

“Que maravilha de gringas! Que venham mais como estas para a Copa do Mundo!”  Não era isso que a maioria dizia? Então porque agora mudam o discurso? Vocês não acham mais enganador famosos fazerem propaganda de produtos que nunca chegarão a consumir?

Essa polêmica ao redor do Marketing de Guerrilha tem que acabar. Chega de hipocrisia!

Esta ação tocou no ponto fraco de muita gente. O Pânico na TV foi quem entrou em pânico, a SKOL tá descendo mais quadrada do que nunca, deu 360º graus e levou um tapa,  e o Brasil acaba de conhecer qual o real poder das mídias sociais.

Liberem a Tcheca neh? Pois é, foi o que fizeram, e muito bem. Agora que o vírus tá solto não venham reclamar! Vocês ajudaram!

Anúncios

Sobre Bambuzada MKT

Somos um grupo de guerrilheiros que se juntaram com a missão de disseminar táticas e informações de guerrilha através de blogs, podcasts, discussões online e etc.

Publicado em maio 26, 2011, em Buzz Marketing Offline, Buzz Marketing Online, Criatividade de Guerrilha, guerrilla marketing, Mídias Alternativas, Propaganda Criativa, Propaganda Interativa, Youtube e marcado como , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. ok!mas imagina que isso vira moda e todo mundo resolve fazer pegadinha,daqui a pouco vao começar a fazer propaganda de produtos nas eleçoes,primeiro o candisto fica famoso depois lança um produto isso é brasil!

  2. eu queria ver uma materia sobre o que o panico tem a dizer dessa brincadeirinha que:
    ” QUEM COM FERRO FERI COM FERRO SERA FERIDO ”
    ” SHOW DE BOLA “

  3. Realizem busca Google ” quero ser distribuidor proibida” , isso é marketing de guerrilha e fabrica de cerveja proibida a gostosa kkkkkkkkkkkk em breve a proibida estará na primeira página do google aguardem o merketing de guerrilha do lugardahora.com.br funciona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: